sexta-feira, 12 de abril de 2013

Mau dia. Obrigada.

Nada está tão bem. Nada será como se quer, porque sempre queremos mais ou o destino não colabora. Teu esforço pode ser em vão. Teu entusiasmo também.
Talvez a chance brote aos que menos se interessam; aos que menos se dedicam. Correr atrás não significa alcançar.
Provavelmente o teu interesse por algo é o que gera desinteresse por parte disso.
Se deixássemos as folhas ao relento, talvez um dia elas se organizassem sozinhas, porque provavelmente elas iram fugir de ti ao tentar pegá-las e organizar.
Determinadas vezes soa que aquele que menos demonstra o valor que algo tem, é quem o irá possuir.

Mau dia.
Decepções com a vida.
Desilusões com o mundo.