quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Saia daqui. Este lugar ainda não pertence a ti.



"Quem sabe nos teus sonhos eu possa até viver..."

sábado, 22 de dezembro de 2012

Ama-me como puder.
Odeia-me como quiser.
Ignora-me quando julgar necessário.
Esqueça-me quando partir.

domingo, 2 de dezembro de 2012

Eu tentei demonstrar afeto.

Mas havia esquecido que amor eu não mais continha.