terça-feira, 31 de agosto de 2010

Besteirol.

Acumulamos cada coisa em nossas mentes. Parece que o mais fútil e inútil prega no seu cérebro, seja aquela música chata, a piada sem graça e as besteiras. As mentes dos jovens, muitas vezes, são depósitos de tudo o que não presta. Cenas de filmes, piadas sem noção, músicas com letras sem conteúdo algum, e para piorar, o que serve de impulso para um disparo constante de coisas perversas e pervertidas é uma frase mal interpretada ou uma brincadeira sem noção.

Um comentário: