domingo, 9 de maio de 2010

Querido amigo Freddy.

Quanto tempo eu não assistia ao Freddy? Nem ue mesma sei ao certo. A verdade é que eu sempre tive um medo dele, e quando mais nova, o fato dele matar alguém enquanto dorme parecia terrível. Eu sofro com pesadelos em demasia, e ainda por cima insônia. Isso pode ter sido fruto da minha infância.
Ontem assisti ao novo-antigo "A nightmare on ElmStreet" e confesso que o meu caro amigo Freddy ainda me assusta. Certos medos de infância nunca acabam. A verdade é que agora que já estou "crescidinha" o filme me soou ainda mais aterrozinte, e isso parece muito infantil e bobo, mas é a verdade. Imagine-se dormir, ter um baita pesadelo e morrer dormindo! Ninguém pode ajudar você enquanto dorme, sonha. Isso é terrível e fascinante.
A verdade é que meu caro amigo Freddy vai acabar vindo me fazer uma visita, já que há tempos eu não me importava mais com ele.

Querido amigo Freddy, dê o ar de sua graça.


Nenhum comentário:

Postar um comentário